EUCARISTIA

Cântico de Entrada – Nascentes de Infinito    (Letra e Música: M. Céu Quinteiro, rscm)

Celebrar
Sonhos de viver em Ti
Sendo Tua voz
      Libertar
      A força de união, Senhor
      Em tons de Alegria e Fé
      Em sons de Louvor

  1. O Caminho és Tu
    Nosso Bom Pastor
    Seguir-Te é Dom
          Dom de Teu Amor
          Dom de Teu Amor

  2. Com Maria ser
    Doação maior
    Silêncio, Paz
          Escutando o Amor
          Escutando o Amor

  3. Nossas Vidas são
    Uma oferta em cor
    Estrelas, Luz
          Semeando Amor
          Semeando Amor

  4. Nosso Coração
    Leva Teu sabor
    Transforma em Pão
          A Canção do Amor
          A Canção do Amor

  5. Nossa História vai
    Recriar calor
    Falar de Ti
          Acordando o Amor
          Acordando o Amor

Ato Penitencial – Senhor que vieste salvar    (José Cândido)

Senhor que viestes salvar
Os corações arrependidos
      Piedade, piedade
      Piedade de nós
      Piedade, piedade
      Piedade de nós

Ó, Cristo que intercedeis por nós
Junto a Deus Pai que nos perdoa,
      Piedade, piedade
      Piedade de nós
      Piedade, piedade
      Piedade de nós

Senhor que viestes chamar
Os pecadores humilhados
      Piedade, piedade
      Piedade de nós
      Piedade, piedade
      Piedade de nós

Glória a Deus (Ferreira dos Santos)

      Glória a Deus na terra e no céu
      Glória, glória, paz na terra

Salmo Responsorial 33 (32) – Feliz o povo    (Música: M. Céu Quinteiro, rscm)

Feliz o povo que o Senhor escolheu para sua herança (bis)

  1. É justa a Palavra do Senhor
    Da fidelidade nascem suas obras
    Ele ama a justiça e retidão
          Do seu amor, do seu amor
          Está cheia toda a terra

  2. Da sua Palavra veio o céu
    Pelo seu sopro tudo foi criado
    Ele fala, tudo é feito, tudo é Vida
          Criou o Céu, criou o Céu
          Ele manda e tudo existe

  3. Senhor, Ele olha pelos seus fiéis
    Pelos que esperam sempre em seu amor
    Da morte Ele liberta as suas almas
          Vem dar-lhes Vida, vem dar-lhes Vida
          Matar a sua fome

  4. Senhor, por Ele espera o nosso espírito
    Ele é o nosso escudo e proteção
    Oh desça sobre nós a vossa graça
          Assim de Vós, assim de Vós
          Senhor, o esperamos

Aleluia (James Chepponis)

      Aleluia! Aleluia! Aleluia!
      Aleluia! Aleluia! Aleluia!

      Pai, como Tu estás em mim e Eu em Ti,
      que todos sejam um, como Nós somos Um!

Santo – cantado (José Paulo Abreu)

      Santo, Santo,
      Santo é o Senhor, Deus do Universo.
      Cheios estão os céus e a terra,
      Da Tua glória, Hossana!

      Hossana, Hossana, Hossana nos céus. (2x)

      Bendito o que vem em nome do Senhor.
      Hossana nos céus, Hossana!

      Hossana, Hossana, Hossana nos céus. (2x)

Cordeiro de Deus – cantado (Tarcísio Morais)

      Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
      Tem piedade de nós, Senhor, tem piedade de nós.

      Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
      Tem piedade de nós, Senhor, tem piedade de nós

      Cordeiro de Deus que tiras o pecado do mundo,
      Dá-nos a Tua paz, Senhor, dá-nos a tua paz.
      Dá-nos a tua paz, Senhor, dá-nos a tua paz, Senhor.
      Dá-nos a tua paz, Senhor, dá-nos a tua paz, Senhor.

Cânticos de Comunhão

1 – Para Que Tenham Vida (Letra e Música: Idalina Almeida, rscm)

      Eu vim para que tenham Vida.
      Eu Vim!
      E a tenham em abundância,
      Eu estou convosco até ao fim,
      Eu Estou!
      E vou conduzir-vos a Mim.

  1. Foi no espaço, no tempo, na vida
    que Gailhac em si acolheu
    novo dom à Igreja oferecido.
    Foi pr’a todos que Deus no-lo deu.

  2. A semente lançada à terra
    germinou cresceu e deu flor,
    o Senhor que dela cuidou
    fez surgir novos frutos de Amor!

  3. Proclamar que Jesus Cristo
    nova vida veio trazer
    Ele entrega agora a Missão:
    A todos dá-Lo a conhecer.

  4. Fé e zelo, simplicidade,
    Vida entregue em alegria.
    É caminho de humildade
    É ser Coração de Maria.

2 – Em Ti “eu sou” (Letra e Música:  M. Céu Quinteiro, rscm)

  1. No mais fundo do meu ser
    Vais cantando Tu: “EU SOU”
    E tentando responder
    Eu vou-Te seguindo, vou
          E na força da canção
          Vou abrindo o coração

    Tu vais tendo corpo em mim
    Eu vou renascendo em Ti
    Tu és Raiz de mim
    Em Ti  “eu sou”,  em Ti
  2. Ser um sinal de presença
    Fazer vivo Teu olhar
    Recriar a esperança
    Hoje em meu peregrinar
          Tu vens confirmar o SIM
          Libertar o Amor em mim

  3. Vem Tu receber, Senhor
    A oferta do meu ser
    É o dom de Ti em mim
    Mantém novo meu viver
          E neste cantar profundo
          Tu vais transformando o mundo


Cântico Pós-comunhão – Magnificat (Taizé)

      Magnificat! Magnificat!
      Magnificat anima mea Dominum!
      Magnificat! Magnificat!
      Magnificat anima mea!

Momento Simbólico – Hino do InstitutoRefrão (Letra e Música:  M. Céu Quinteiro, rscm)

      Vamos proclamar
      A Tua Salvação
      É este o grito vivo
      Em nosso coração
      Que todos tenham Vida

Cântico Final – Hino do Instituto – Que TODOS tenham VIDA
(Letra e Música:  M. Céu Quinteiro, rscm)

  1. Na Fé ganhamos força
    O Teu modo de amar
    Teu Zelo impulsiona
    E nos leva a anunciar
          Que Tu a nós vieste
          Te deste a conhecer
          E em vida Te ofereceste
          E dás-Te a quem Te receber

    Vamos proclamar
    A Tua Salvação
    É este o grito vivo
    Em nosso coração
    Que todos tenham Vida
  2. Amar-Te e conhecer-Te
    Gerar Libertação
    Tornar-Te conhecido e amado
    É nossa missão
          Para que tenham VIDA
          Por isso incarnaste
          No meio do Teu povo
          Tua Tenda edificaste

  3. Maria foi fiel
    Fiel até ao fim
    Na força do Espírito
    Ela pôde dizer SIM
          Com ela Te acolhemos
          E no seu coração
          Pudemos aprender
          A cooperar na Redenção

  4. O mundo inteiro espera
    Ouvir Tua Verdade
    Seremos Tua voz
    Se conservarmos a Unidade
          Vivendo as diferenças
          E em Simplicidade
          Seremos um só Corpo
          Na Internacionalidade